07/02/2013

Promessas Ditas De Um Coração Sincero



Olha, eu não sei o que dizer. Foi eu ou foi você? Quem errou não dá pra ver, não ta tão nítido assim, talvez só tivesse sido hora de dizer.. Eu não luto contra o que quer ir embora, deixo ir antes que eu caia na fossa. Pedi pra tu ficares, mas não pedirei de novo. Peço que perdoe as minhas inseguranças, não foi por querer, meu amor. Foi apenas medo de te perder. Mas que assim seja eu vou dizer a frase que se diz na despedida, mesmo que não tenha cicatrizado essa ferida. Você me diz que me quer longe e eu te digo “tudo bem, meu bem”. Prefiro fazer alguém feliz estando longe ao invés infeliz estando perto. Sempre soube que você sempre sabe o que faz, se te magoei não foi por mal, foi apenas por eu ser assim, errada pra caralho pra ti. Não vou me humilhar, é só o que eu penso e o que eu penso eu escrevo, não interprete mal as palavras, elas foram ditas de coração. Hoje eu acordo de manhã acostumada a não te ter por perto, hoje eu durmo na monotonia de pensar, repensar, quem errou? Será que um dia vai voltar? Volta não, passado é passado e eu não vou buscar então. Você decidiu e eu decidi também, se eu te digo que te amo não é só pelo teu perdão. To refletindo com as palavras o que eu sinto, mas só sumirá se eu tomar uma dose de absinto. Não to pedindo pra voltar, não te obrigo a nada, vá pra lá. Se você disse que eu morri, eu morro aqui, mas se é um “adeus” que você quer ouvir, eu nunca direi pra ti. Frases mal ditas, sentimentos mal expressados, a gente foi um erro atordoado, ninguém nos uniu, eu apenas me aproximei. De repente eu to aqui e você dizendo “adeus”, que palhaçada é o amor. Se eu te prometi, eu to cumprindo. Se você quiser ir, não to mais te impedindo. […] Encontrei sossego no peito do meu traidor. Não digo “adeus”, só sinto a dor. Quando ela for, você vai junto. Se demorar, eu espero. Não vou brigar, não vou lutar, se eu fui à errada é hora de me desculpar.. Não vou mais te procurar onde eu sei que vou encontrar, a rua é só uma, mas se você passar por ela eu pego um atalho, você pediu “suma da minha vida” e eu to tentando virar poeira. Se o cravo virou flor, a flor também pode virar cravo, se a rosa se fechou, meu show acabou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário